Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

Quem é responsável pelo meio ambiente?

  • Imprimir

 

Dia-internacional-meio-ambienteQuem será o responsável pela qualidade do ambiente numa empresa? Serão apenas as pessoas de um departamento ou setor? Serão apenas os chefes? Apenas os subordinados? Apenas o pessoal da limpeza e conservação?

 

Fui o primeiro professor de Ecologia Humana do Brasil, em 1973, na Universidade Federal de São Carlos, UFSCar, quando introduzimos essa disciplina para os cursos de graduação. Numa das aulas discutíamos sobre a poluição ambiental do campus e o quanto os próprios alunos eram responsáveis por essa situação. Logo após a aula, no intervalo, pedi para o pessoal da psicologia experimental observar e filmar os mesmos alunos. Vimos que eles próprios, que haviam severamente criticado os danos ao ambiente, jogaram papéis no chão, latas de refrigerantes e sacos plásticos em locais não apropriados. Ao voltarem à sala, apresentamos o filme e os alunos, surpresos, disseram: “não sabíamos que estávamos sendo observados e filmados.” É fácil criticar. Difícil é mudar nosso comportamento, expliquei aos alunos já naquela época.

 

Tenho visitado empresas e visto problemas pequenos e não tão pequenos em relação ao meio-ambiente e quando chamo a atenção de quem está comigo, essas pessoas sempre acusam um departamento ou setor que “deveria olhar para isso”. Vejo que ninguém se sente “responsável”, isto é, determinado a “responder” pelo ambiente.

 

É preciso, de uma vez por todas, que nos conscientizemos de que a responsabilidade pela qualidade do ambiente em que vivemos e trabalhamos é de todos nós. Em relação ao ambiente, todos deveríamos ter como meta a seguinte frase: “Se eu vir, ouvir ou souber de algum problema que prejudique o meio-ambiente, o problema é meu e devo agir para corrigí-lo”.

 

Se formos esperar que alguém ou os responsáveis por algum departamento específico tomem todas as providências sem a nossa participação direta, teremos um ambiente degradado em busca de culpados. E não é isso que precisamos.

 

Nossa consciência ambiental não pode ficar apenas em discursos,

mas em ações efetivas que todos temos que tomar.

 

Pense nisso. Sucesso!     

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn