Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

Socorro! Não tenho sorte

socorro-nao-tenho-sorte-luiz-marins

 

 

Conheço várias definições para a sorte. Dezenas de autores, desde a antiguidade clássica discutem a sorte ou a falta dela - boa sorte ou má sorte (ou azar). O dicionário Webster diz que a sorte é "uma força sem propósito, imprevisível e incontrolável, que modela eventos de forma favorável ou não para determinado indivíduo, grupo ou causa". As mitologias grega e romana, Maquiavel e até Napoleão discutiram a sorte para os indivíduos, grupos e até para as nações. Há livros recentes sobre o tema e é grande a discussão se sorte existe ou não e como a sorte não pode ser cientificamente comprovada, ela continuará sendo discutida ainda por muitos séculos.


O que quero comentar neste breve texto é que tenho recebido muitas mensagens e visto muitas pessoas que se dizem sem sorte, mas que na verdade elas próprias são as causadoras do que chamam de “má sorte”. A Edição 307 de agosto de 2012 da revista Super Interessante, numa reportagem de Alexandre de Santi e Cristine Kist mostra exatamente isso, quando dá as seguintes dicas para uma pessoa agir como uma pessoa de sorte: “As pessoas que se consideram sortudas têm algumas características em comum - que você pode facilmente adotar na sua vida: 

 

1. Multiplique as chances - Sabe aquele conhecido que vive ganhando em promoções? Ele ganha porque joga. Participe mais de concursos.

2. Seja sociável - Quanto mais pessoas você conhecer, maior é a chance de que alguma delas traga boas notícias - como uma oferta de trabalho.

3. Tenha calma - Se você vive correndo, jamais terá a sorte de notar aquela nota de R$50 dando sopa na calçada.

4. Busque o novo - Faça coisas diferentes. Com isso, sua chance de ter sorte se torna estatisticamente maior.

5. Aceite o acaso - Não tente ser racional o tempo todo. Aceite que a vida tem coisas aleatórias.

6. Medite - Ajuda a tomar boas decisões, o que é essencial à sorte. Um estudo constatou que as pessoas sortudas meditam com mais frequência.

7. Acredite - Se você não acredita que vai encontrar sua cara-metade, provavelmente não vai encontrar mesmo. Seja otimista.

8. Não dê bola para os números - Queria se candidatar a um concurso concorridíssimo, mas desistiu porque a chance era pequena? Ao desistir ela passou a ser de 0%. E facilitou a vida do sortudo que conquistou a vaga”.


É isso exatamente que me chama a atenção. Foi me relatado o caso de um gerente que não aceitou voltar das férias antecipadamente para participar de um treinamento especial dado por um grupo vindo da matriz alemã sobre os novos produtos da empresa. Ele que estava sendo cogitado para uma promoção, acabou sendo preterido. Quando soube que o motivo tinha sido por ele não ter participado do referido treinamento ele disse ter tido o azar de estar em férias no período. Outro caso foi o de um empresário que não quis participar de um congresso internacional de sua área e nesse congresso o seu maior concorrente fechou duas parcerias estratégicas com empresas estrangeiras que estavam participando e com essas alianças, desbancou a liderança de mercado da empresa do empresário ausente. Até hoje ele se ressente de sua “falta de sorte” de não estar no referido congresso. Ainda um outro caso é o de duas pessoas concorrendo ao mesmo emprego e que igualmente foram convidados para o casamento da filha do empresário. Um foi e outro não foi. O que foi acabou sentando à mesa com os diretores da empresa foi contratado na semana seguinte. O outro reclamou do azar de não ter ido ao casamento.


Assim, é muito certo o aforisma de autor desconhecido que diz que sorte é a combinação entre a capacidade de fazer acontecer e a oportunidade para fazer acontecer e que sorte é estar no local certo, na hora certa e devidamente capacitado a fazer as coisas acontecerem. E quando perguntam a atletas famosos se eles têm sorte, a resposta que sempre dão é a seguinte: “De fato tenho sorte, mas sempre percebi que quanto mais eu treino, mais sorte eu tenho.”


E você? Tem sorte? Pense nisso. Sucesso!

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais