Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

O "Stress"


 Nunca se falou tanto em "stress". O mundo de hoje é realmente estressante. A competição feroz entre as empresas, a globalização, os programas de qualidade, produtividade, benchmarking, downsizing, resiliência e tantos outros deixam-nos, como nunca, realmente estressados.

 O que fazer? Como combater o "stress"?
 Muitas são as receitas, artigos de revista (a última VEJA trouxe matéria de capa a respeito) e comentários a respeito.
 Na verdade, não acredito que o "stress" seja uma conseqüência direta para quem trabalha muito. Trabalhar bastante, muitas horas por dia, não leva ao isoladamente ao "stress". 

 O que produz o "stress"  é trabalhar sem perspectiva de desenvolvimento, de crescimento. É sentir-se não-crescendo, não-se desenvolvendo; patinando no mesmo lugar. É trabalhar sem autonomia, sem poder dar vazão à criatividade, sem poder testar idéias novas, sem participar dos planos e projetos da empresa. É possível e até saudável trabalhar bastante quando se sente crescendo a cada dia, aprendendo a cada dia mais, produzindo mais, criando mais, participando mais.  O que "mata" é a tensão e a ansiedade criadas pelo fato de nos sentirmos numa "rotina mortal"  sem perspectiva de futuro.

 E a empresa que quiser ter funcionários, chefes, dirigentes sem "stress"  devem preocupar-se em oferecer o melhor ambiente (global) de trabalho, onde as pessoas todas sintam-se em constante desenvolvimento pessoal e profissional. Este é o desafio da empresa moderna. E para que isso ocorra é preciso dar autonomia e iniciativa. É preciso dar "empowerment"  aos níveis mais baixos. É preciso fazer com que todos "sintam-se" participantes do desenvolvimento da empresa.

 Nesta semana, pense em formas de diminuir o "stress"  em você e em sua empresa. Faça cursos, participe de palestras, sinta-se crescendo e se desenvolvendo. Participe mais da sua empresa. Faça com que todos participem.

 Pense nisso.

 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais