Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

O que eu deveria saber e não sei?

o-que-deveria-saber-e-ainda-nao-sei

Há certas coisas que ouvimos falar desde criança. Passamos toda a juventude ouvindo. Chegamos à idade adulta e ainda ouvimos. Será que temos a curiosidade e a paciência de realmente saber o que essas coisas realmente são?


Lugares, palavras, frases e ditos célebres, expressões antigas, etc. Tudo permanece em nossa memória de forma nebulosa. Nunca tomamos o tempo necessário para procurar saber o que realmente essas coisas querem dizer, de onde vieram, como surgiram, por que nossos parentes mais velhos falavam aquilo. Muitas vezes morremos na total ignorância dessas coisas simples, porém fundamentais, pois fazem ou fizeram parte de nossa vida.

As gerações mais novas não lêem mais livros de história ou literatura como faziam os antigos. A televisão tomou o espaço. O corre-corre da vida assumiu o tempo. E essas coisas ficaram sem resposta em nossa mente.

De onde surgiram os "dragões"? E as múmias? Saturno era um deus? De onde? Onde fica mesmo a Islândia? Como são os aborígines australianos? Qual a sua importância? Onde nasce o rio Amazonas? E o Mississipi? De que são formados os vulcões? Para que serve mesmo a raiz quadrada? O que foram as glaciações? Quando começou a era moderna? Por quê? Por que os castelos eram mal assombrados? Essas perguntas e outras mais, fiz a meus alunos. Todos já haviam ouvido falar de tudo isso, mas poucos sabiam realmente o seu significado. Eles confessaram que essas e outras muitas pequenas dúvidas os atormentavam, mas nunca se deram ao trabalho de buscar a solução.

E você? Você é curioso o bastante para ir atrás das respostas às suas pequenas dúvidas até mesmo de sua empresa? Você sabe tudo o que deveria saber sobre os produtos de sua empresa? Como são fabricados? Qual o mercado?

Pense nisso. Sucesso!

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais