Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

O amor ao Brasil

  Mariana levantou-se e disse que não iria comemorar a Semana da Pátria, pois não suportava mais ouvir tantas histórias de corrupção e mazelas do governo, senadores, deputados e políticos em geral. Antonio Carlos tomou a palavra e afirmou que o Brasil é um país de gente corrupta. Jair entrou na discussão e falou que deveríamos ter vergonha do Brasil, pois nem a copa do mundo fomos capazes de ganhar. Tudo isto aconteceu numa escola de ensino médio.
 Estamos em plena Semana da Pátria e as pessoas, principalmente os mais jovens, parecem sentir uma profunda desilusão com o Brasil. O que fazer?
 Em primeiro lugar é preciso que todos nós compreendamos que existe uma grande diferença entre pátria e governo. Não podemos confundir estado, nação, pátria e governo. São coisas diferentes. Se há cidadãos contra este ou aquele governo, não deverão esses mesmos cidadãos ser contra a pátria.  Qualquer pessoa tem o direito de se desiludir com governos ou com a seleção de futebol, mas não deve desiludir-se com a pátria. Governos são trocados pela via democrática. A pátria deve ser eternamente defendida por todos, sempre. O que os alunos citados acima - Mariana, Antonio Carlos e Jair - parecem ter feito, é justamente confundir o Brasil, a nossa pátria, com governos e times de futebol. A pátria é permanente, é o local onde nascemos ou adotamos. Governos são transitórios. O amor ao Brasil tem que ser eterno, pois a pátria é permanente.
 Nesta Semana da Pátria, veja se você também não vive confundindo o Brasil - a sua pátria - com este ou aquele governo, com este ou aquele político, com esta ou aquela situação transitória que vivemos ou mesmo com um time de futebol. Amar o Brasil é amar o seu povo, a sua terra. Amar o Brasil é ser sério, trabalhar duro, ser honesto, ser ético, é cuidar, polir, arrumar, melhorar, todos os dias, este berço esplêndido em que nascemos. Comemore o Brasil!
 Pense nisso. Sucesso!

 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais