Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

Treinando a mente para o futuro

 

 Dois livros que acabam de sair nos Estados Unidos “Train your mind, change your brain” (Treine sua mente, mude seu cérebro) de Sharon Begley, Balantine Books, 2007, 283 ps. e “Five Minds for the Future” (Cinco mentes para o futuro) de Howard Gardner, Harvard Press, 2007, 196 ps.,  tratam das mais recentes pesquisas sobre a mente humana e suas capacidades.
 Essas pesquisas vêm tendo grande repercussão no mundo científico, acadêmico e empresarial, porque as incertezas com relação ao futuro das empresas e do emprego, as pressões impostas às pessoas num mundo extremamente competitivo e globalizado e o estresse decorrente das megamudanças que estamos enfrentando na área tecnológica, fazem com que um melhor conhecimento da mente humana seja não só necessário, mas urgente. Será o ser humano capaz de suportar tantas incertezas em relação ao futuro?
 Howard Gardner, por exemplo, afirma que, para vencer os desafios futuros, o ser humano terá que combinar cinco “mentes” ou categorias mentais: a mente disciplinada; a mente sintetizadora; a mente criadora; a mente respeitosa e a mente ética. E essas cinco mentes deverão ser superpostas numa mesma pessoa. Com excesso de informação disponível, a mente disciplinada precisa saber onde buscar o conhecimento necessário para vencer num mundo dinâmico e instável e ter disciplina científica nessa busca. Já para organizar essa massa de informação e separar o que é relevante do que não seja útil, deve atuar a mente sintetizadora. Para questionar, cismar, ir além do presente e propor novas formas de ser e agir, a mente criadora é fundamental, sem ela não há inovação. E para que a convivência entre os seres humanos tenha um mínimo de qualidade, Gardner aponta a mente respeitosa, que reconhece a diferença entre as pessoas e respeita a individualidade, e a mente ética que dá atenção a tudo o que se refere aos bons princípios da honestidade, ética,  moral e cidadania em seu sentido mais pleno. Já Sharon Begley, em seu livro, fala do conceito de neuroplasticidade, ou a capacidade do cérebro em adaptar-se e remodelar-se. Utilizar essa capacidade pode ser a chave para o sucesso de qualquer pessoa no futuro, pois as pesquisas da década de 1990 provaram que mesmo na idade adulta o cérebro continua a se desenvolver. Em seu livro, ela enfatiza o valor da meditação e sua influência sobre o cérebro.
 O que é importante - e esta é a razão de eu estar escrevendo esta mensagem sobre estes livros - é que, todos nós, independentemente da posição que ocupemos ou da formação, idade, sexo, religião ou etnia que tenhamos, temos que aprender a reeducar nossas mentes para que consigamos sobreviver, com saúde física e mental, aos desafios da mudança que estamos experimentando nos dias de hoje e que são absolutamente inéditos para a espécie humana. Nunca, na história da humanidade, tivemos um tempo com tantas mudanças radicais ocorrendo ao mesmo tempo. E as próximas décadas serão ainda mais desafiadoras.
 Pense nisso. Sucesso! 

 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais