Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

Quem deve nunca esquece

 

Uma pessoa muito simples me disse uma profunda verdade: “Quem deve nunca esquece”. O que ele quis dizer é que se você é credor, isto é, tem a receber, você até pode se esquecer de uma dívida. Mas o devedor - aquele que ficou devendo, o que não pagou - jamais se esquecerá. Veja que grande verdade!
 É por isso que temos que estar sempre credores. É por isso que nunca devemos estar na posição de devedores. E aqui estou falando não só em dívidas pecuniárias - em dinheiro - mas de todo tipo de dívida.
 Uma pessoa que mentiu para prejudicar alguém, nunca se esquecerá. O prejudicado poderá até não se lembrar mais da traição de um amigo. Mas o traidor jamais se esquecerá da traição que cometeu. Alguém que tenha sido alvo de uma grande injustiça poderá se esquecer com o decorrer do tempo. Mas aquele que cometeu a injustiça, jamais se esquecerá. Essa é a pena do devedor. Nunca se esquecer da falta que cometeu.
 Só isso, me disse a pessoa simples, basta para fazer uma pessoa viver na retidão. Toda a injustiça, falta, dívida, crime, contravenção, ou seja, o que for que ela cometer, poderá nunca ser descoberta por suas vítimas. Mas, ela jamais se esquecerá do erro cometido, transformando-se por isso, na principal vítima do próprio delito, pois será prisioneira de si mesma.
 Assim, o segredo é deixar sempre o outro devedor. Seja sempre credor. E para ser credor, você deve fazer mais do que o outro espera que você faça. Deixe o seu cliente devedor. Deixe seu colega devedor. Deixe seu patrão ou chefe devedor. Faça sempre mais. Não seja prisioneiro de sua consciência. Vá além e você terá uma paz interior e uma tranqüilidade que poucos entenderão e todos invejarão.  

 Pense nisso. Sucesso!

 

 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais