Artigos do Prof. Marins e textos dos programas de TV

Seis temas para quem não tem desconfiômetro

 
                                                                                                                       

Aqui vão 6 temas para a reflexão de quem não tem desconfiômetro, neste mundo maluco em que vivemos:
Mochila nas costas;
 Mochileiros que andam com mochilas nas costas têm que lembrar que estão com um outro “ser” grudado em suas costas. Não podem virar e ficar dando mochiladas em todo mundo o tempo todo. Ligue o desconfiômetro!
Falar alto no celular;
Há pessoas que adoram falar alto no celular, ou no viva voz, para que todos vejam o quanto ele(a) é importante. Falam andando e gritando para todo mundo ouvir. Ligue o desconfiômetro!
Furar fila e fazer cara de paisagem;
 Vejo muita gente furando fila como se não percebesse e depois faz “cara de paisagem” como se nada tivesse acontecido. Ligue o desconfiômetro, pois todo mundo está vendo a sua “cara-de-pau” fora de moda;
Bater o carrinho do supermercado no calcanhar da pessoa da frente;
 Quando estiver empurrando um carrinho no supermercado, ligue o desconfiômetro. O que vejo de gente batendo o carrinho no calcanhar dos outros!
Ficar prestando atenção na conversa alheia;
 Essa gente nem disfarça. Fica prestando enorme atenção numa conversa ao lado da qual não é chamado a participar. Ligue o desconfiômetro e fique na sua!
Pedir para levar o arranjo de flores da mesa no final da festa;
A pessoa não agüenta ficar sem pedir alguma coisa. No final da festa ela pede para levar o arranjinho de flores das mesas. Ligue o desconfiômetro!

 Gostaria de sugerir que você completasse esta lista com, no mínimo,  mais quatro coisas que as pessoas que não têm desconfiômetro em sua empresa fazem e, é claro, irritam todo mundo. Faça uma discussão para ver se as pessoas “se ligam” ou mandam consertar seu desconfiômetro.
 A vida já não é fácil neste mundo em que vivemos. Se as pessoas não ligarem seus desconfiômetros iremos torná-la ainda mais difícil. É preciso, de maneira educada e sutil, mostrar a essas pessoas que está na hora de ligar o desconfiômetro.
 Pense nisso. Sucesso!

 

 

Enviar para DiggEnviar para FacebookEnviar para Google PlusEnviar para TwitterEnviar para LinkedIn

Informações Adicionais