• Pesquisa I

    Qual o maior desafio do executivo ou trabalhador nos dias de hoje?
  • Pesquisa II

     Qual o maior problema que você vê ou sente na sua empresa?
  • Visitas Totais

    212825
    Usuários hoje : 303
    Total de usuários : 212825
  • 1.496 respostas

    1. Professor Marins
      Saudações
      Tenho visto vídeos do senhor sendo publicados por terceiro.
      Parece me que pessoas aproveitando desses materiais para
      se provorem via youtube.
      Eu não concordo, e o senhor, o que diz?
      “Pense nisso, sucesso”

      1. Emilio,
        Confesso que não ligo. Se copiam é porque gostam e acham bom. Ninguém copia ou faz plágio de coisa ruim. Confesso que fico até orgulhoso e desejo que sejam muito felizes e tenham muito sucesso.
        Um forte abraço, Marins

    2. Bom dia!
      Espero que estejam bem. Na verdade não é um recado e sim uma pergunta: Gostaria de saber qual seria o valor das palestras do Prof.Marins?
      Obrigada.
      Maria Valeria

    3. Professor Marins, estava ouvindo seu comentário dos perigos da dependência digital, parabéns em fazer um comentário tão importante, e concordo plenamente, incluo ai também essa demasia atualmente na sociedade em geral. Acho que posso até considerar um problema grave da sociedade. Certa vez escrevi um texto com o tema ” Novos Tempos” e permita-me compartilhar uma parte final que diz assim: “A única coisa ruim é que com essa liberação toda que vivemos, e esse modernismo, está acabando o romantismo, a família tradicional, as grandes amizades. As pessoas estão se afastando de uma convivência mais próxima já que com essa tecnologia toda ficou mais fácil se comunicar através das redes sociais (Watssap, Facebook, Instagram e outras) do que pessoalmente.
      O mundo é assim mesmo, cada ano nos deparamos com uma novidade, mudanças de comportamento, pena que muitas delas acabam fazendo com que os relacionamentos fiquem muito pouco duradouros, e os sentimentos diminuídos pela falta de contato de pele. Pensem nisso!!!”
      Forte abraço.

      1. Leandro,
        Também estou achando difícil. Mas é o que temos!
        Se formos esperar as condições ideais para nos motivarmos, jamais nos motivaremos, pois a motivação é uma porta que se abre por dentro e nunca teremos as condições totalmente ideais.
        O que acredito é que tenhamos que cumprir o nosso papel a partir da nossa realidade concreta e, apesar das adversidades, seguir em frente.

    4. Professor Marins,
      Sou seu fã há muito tempo, e tive a sorte e oportunidade de assistir 5 palestras sua. ( A última foi no Suzano Papel e Celulose – Mucuri – Bahia) com isso aprendi bastante e até mudei alguns hábitos na minha vida profissional.
      Acabei de ver seu video referente a leitura de biografias, também gosto muito de ler esse tipo de leitura onde mostra normalmente a garra e a força de vontade de pessoas que sairam do nada e se transformaram em grandes empresários. O último que li foi de Leon Feffer, um imigrante ucraniano recém-chegado ao Brasil, fundou a Suzano Papel e Celulose.
      Obrigado pelas ótimas dicas de motivação.
      Forte abraço
      Leandro Fernandes

      1. Puxa Leandro!
        Obrigado pelo seu comentário! A biografia do Leon Feffer realmente é impressionante. Parabéns e obrigado pelo comentário.

    5. Ola pessoal
      O MST esta de volta, invadindo e destruindo propriedades privadas.
      Os pobres coitados que nao tem um pedacinho de terra para plantar e colher. A muitos anos atras quando me casei, eu nao tinha nem onde morar. Vivia em um pequeno quarto nos fundos da casa de meu sogro “era um sem terra” mas com o fruto de meu trabalho comprei um lote e construi minha casa.
      Nao sei oque mudou de uns anos pra ca, que agora se voce nao tem terra pode se apropriar de terras de outros.
      Quando sera que alguem ou alguma entidade vai investigar essas pessoas ? pessoas que sao proprietarios de posto de combustivo, ponto comercial, sobrado e outros bens se passando de sem terra.
      Logo teremos o MSV movimento sem veiculo.
      Isso esta virando terra de Malboro.

    6. Prof Marins

      Sou admirador de seu trabalho há pelos 25 anos, parabéns

      Não sei se está acontecendo somente comigo, mas as empresas com qual tenho relacionamento de cliente x fornecedor tem deixado de lado a satisfação de seus clientes, vou relatar abaixo alguns exemplos que ocorreram somente novembro/22:

      Drogasil: no momento da compra de um medicamento é concedido um desconto patrocinado pelo fabricante de um determinado medicamento, mas quando o débito é realizado no cartão de credito tal desconto desaparece, e para resolver o problema vc tem que provar que está certo e demora no mínimo 5 dias úteis.Rede D´or: atende as pessoas como se fossem clientes da JBS e não como pacientes, tenho exemplos do que estou afirmando, o ultimo foi uma suspeita de COVID onde fiz o PCR e a promessa seria que ficasse pronto em 72h, já se passaram 8 dias sem ter o resultado, como não sei o resultado estou isolado afim de não contaminar outras pessoas.Porto Seguro: fiz um seguro de automóvel “casado com um novo cartão de crédito”, onde foi oferecido um desconto no seguro, e o seguro seria debitado diretamente no cartão de crédito, até neste momento sem problemas, mas os problemas começaram acontecer no recebimento do cartão e seu desbloqueio, no panfleto recebido havia duas possibilidades de desbloqueio, via WhatsApp ou no APP da Porto.Primeiramente tentei pelo WhatsApp, seguindo todas as instruções, passando por todas etapas, e na última etapa aparece a mensagem que por motivo de segurança não era possível desbloquear o cartão pelo WhatsApp, pergunto por que não informaram logo no inicio do procedimento? Por que o panfleto contia informando a possibilidade de desbloquear pelo WhatsApp?Também não tive êxito no desbloqueio pelo APP da Porto, e tempo passando sem que eu conseguisse desbloquear o cartão e consequentemente pagar a primeira parcela do seguro e preocupado que meu automóvel ficasse em risco por algum sinistro.Depois de tanto “espernear” consegui desbloquear o cartão oito dias antes do vencimento e programar o pagamento da fatura e consequentemente o seguro.

      Tenho diversos outros exemplos que quase que poderia escreve um livro.Minha pergunta: O que está acontecendo com as empresas no atendimento de seus clientes? Será que os novos profissionais que estão assumindo os lugares dos antigos estão se deixando levar pelos seus anseios individuais e estão esquecendo que uma empresa somente sobrevive com pensamentos coletivos?

      Abraços

    7. •|• – Apresento-me com alegria e muita gratidão pelo existência do Professor Marins, cujos Talentos e Dons são um presente para o nosso presente e também ao meu próprio presente.•|• – Também apresento-me compartilhando que sou o Criador e Fundador Da S.I.H.”©®” SIESA”©®” • Sanitas Integratis Humanus há 28 anos, e também criei 43 Formações, que são Específicas para cada uma das 6 Dimensões “Do Ser e De Ser”.•|• – E, quem quiser “melhor conhecer” é só entrar em contato no WhatsApp Business (17)988262755. •|• – ALMEJO GRATIDÃO, FÉ, AMOR, LONGANIMIDADE, PERDÃO, BENIGNIDADE, HUMILDADE, TEMPERANÇA E MISERICÓRDIA PARA CADA PESSOA.

    8. Bom dia?

      Caro professor Marins ***sti seu video motivacional se referindo a ressucitar a curiosidade? Me motivou a atualizar meus conhecimentos nos estudos, grato sucesso em 2022!

    9. Sobre programa de hoje, concordo que a busca do conhecimento é uma busca pessoal!

      Como leio muito sobre Medicina, numa especialidade, muitos médicos colocam no site,como diferencial a Cirurgia Robótica e, quando busquei “interagir” sobre questões da área, Não me deram feedback. Nesse domingo, um cirurgião cardíaco, em entrevista ao Fantástico, disse como retirou um paciente dos cuidados paliativos, se valendo de técnicas médicas da década de 70, mas com mais etapas ao tratamento!

      Depois de 7 meses, aquele que teria sobreviva de 3 meses, voltando a normalidade! Quem nunca ouviu aquela máxima: “Não sei como era, porque não é da minha época” ou poderia chamar o médico de “jurássico”! Pois é os dados referentes a essa mensagem, trafegaram por uma rede, outrora utilizada pelas TV/s na transmissão do sinal analógico????????

    10. Por mais que a midia venha trazendo a questão que o home office veio para ficar, mas tributariamente, para as Empresas, manter o próprio espaço, ainda mais se for locado, é mais vantajoso do que pagar ajuda de custo aos funcionários por disponibilizar comodo e computador/Internet pessoais!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Enquetes: vote e veja os resultados

  • Redes Sociais

  • Associadas

  • Notícias Entrevistas Televisão

  • TUTORIAIS

    Como criar / editar posts

    Como criar / editar categorias

    Como editar páginas estáticas

    Como criar novas páginas

    Como criar mensagem em vídeo

    Como criar / editar categorias

    Como editar páginas estáticas

    Como criar novas páginas